Witzel e Lima participam de Fórum de Governadores

Publicado: quinta-feira , 15 de novembro 2018 12:41

(Foto: Fernando Chaves/PSC)

 

Eleitos em 2018, Wilson Lima (AM) e Wilson Witzel (RJ) participaram da primeira edição do Fórum de Governadores realizado em Brasília, na última quarta-feira (14). O evento reuniu os eleitos de 20 estados e contou com a presença do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Idealizado por Wilson Witzel (RJ), João Dória (SP) e Ibaneis Rocha(DF), o encontro deu oportunidade para que os eleitos no último pleito compartilhassem os desafios de cada estado e, principalmente, as soluções que podem ser buscadas em conjunto, como a revisão do pacto federativo. A reforma da Previdência também foi consenso entre todos presentes, como instrumento para garantir o equilíbrio das contas públicas no futuro – tanto para o país como para os estados.

Em sua fala aos governadores, o presidente eleito destacou que o apoio dos estados é fundamental para o país avançar. “Não teremos outra oportunidade de mudar o Brasil. Temos que trabalhar unidos e irmanados nesse propósito”, destacou Bolsonaro. Os ministros indicados da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, também estiveram presentes juntamente com os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Eunício Oliveira.

Wilson Witzel, governador eleito do Rio de Janeiro, destacou a necessidade uma nova modelagem de Parcerias Público-Privadas (PPPs) para atrair investimentos estrangeiros, principalmente nas áreas de infraestrutura e mobilidade urbana. “Temos uma amarra na Constituição que prevê exploração direta de muitos serviços, como radiofusão, portos, aeroportos, etc. É hora de uma emenda constitucional para que os estados possam fazer as concessões por meio de PPPs com novas modelagens, inclusive com prazos maiores, que se adequem a cada caso. Assim, incentivamos a entrada do capital estrangeiro, gerando emprego e renda”, destacou.

Eleito para governar o Amazonas, Wilson Lima, vê nesse tipo de encontro uma excelente oportunidade para encontrar consenso em questões que dizem respeito a todos os estados, mas destacou a necessidade de entender e respeitar a grande diversidade do país. Acerca da reforma tributária, ele ressaltou os pontos que pesam sobre seu estado. “Cerca de 82% das atividades econômicas do Estado estão concentradas no Pólo Industrial de Manaus, sob o guarda-chuva de incentivos. Algumas propostas da reforma ferem de morte a Zona Franca de Manaus, que é um incentivo criado para proteger uma região estratégica para o Brasil e para o mundo”, ressaltou.

O resumo das propostas discutidas resultou na Carta dos Governadores. O documento foi entregue ao presidente eleito Jair Bolsonaro que se comprometeu em analisar cada item com sua equipe. O próximo encontro dos governadores eleitos já tem data marcada, 12 de dezembro, novamente em Brasília.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC