PSC pede ao governo agilidade na transposição do São Francisco

Publicado: quarta-feira , 05 de abril 2017 19:20
Autor: Aryana Aragão/ PSC Nacional
Foto: Fernando Chaves/PSC Nacional

Vice-presidente Nacional do PSC, Marcondes Gadelha (dir.)

Os deputados estaduais Renato Gadelha e Guilherme Almeida, ambos do PSC da Paraíba, o vice-presidente Nacional da legenda, Marcondes Gadelha, além de outros parlamentares da PB e do RN e de representantes da sociedade civil, entregaram ao ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, uma carta com recomendações para o projeto de transposição do Rio São Francisco. Eles pedem prioridade no andamento das obras do Eixo Norte e a inclusão do Ramal do Piancó, que vai servir a Barragem de Coremas, a maior da Paraíba.

De acordo com Marcondes, não faz sentido deixá-la de fora do plano. “É um projeto de manejo integrado de barragens. Como a maior delas, que é a responsável por quase metade do estoque hídrico do estado, fica de fora?”, questiona. Eles participaram de audiência pública, no Senado Federal, sobre o projeto que acaba de levar água a 187 municípios paraibanos.

Os parlamentares do PSC lembram da urgência em retomar as obras do Eixo Norte – paradas desde julho de 2016, com a desistência da construtora Mendes Júnior, que alegou falta de recursos financeiros. Esta etapa, segundo dados do ministério, beneficiará mais de 12 mil pessoas. De acordo com Almeida, o compromisso de todos é que a água chegue o mais rápido possível a vários municípios da Paraíba e do Rio Grande do Norte, os quais já estão à beira de um colapso hídrico.

Foto: Fernando Chaves/PSC Nacional

Deputado estadual Gabriel Almeida (PSC-PB)

Por conta da proximidade da calamidade pública, Renato Gadelha defende, como solução emergencial, a contratação de uma nova empresa sem licitação. “Essa licitação se tornou a trava que está barrando a conclusão das obras. Até agora não temos uma nova construtora e a chance de faltar água antes da conclusão do Eixo Norte é real, por isso, a presença maciça dos representantes nordestinos aqui hoje”, afirmou o deputado.

O ministro Barbalho informou que as águas do São Francisco chegarão até Campo Grande (PB) ainda em abril e que as obras do Eixo Norte serão reiniciadas em breve. Para Marcondes, a fala do ministro trouxe um novo ânimo para o povo nordestino. “A gente vê que o Estado está aplicado a concluir essa obra que já se arrasta por muitos anos. Tivemos a conclusão do Eixo Leste, que servirá a três estados: Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte”, destacou.

Ainda na audiência, realizada pela Comissão de Desenvolvimento Regional, a presidente do colegiado, senadora Fátima Bezerra (PT-RN), disse que será criada uma comissão parlamentar para acompanhar de perto todas as obras do São Francisco – as físicas e as sociais.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC