PSC Mulher proporciona noite de informação e arte para Conceição do Araguaia

Publicado: terça-feira , 15 de março 2016 18:18

Apresentações artísticas, conversa de mulher e informações sobre política permearam todo o evento do PSC Mulher em Conceição do Araguaia, interior do Pará, na noite de sexta-feira (11/03). Com a presença das lideranças Denise Assumpção, presidente nacional do PSC Mulher; deputada Júlia Marinho, presidente regional do movimento de mulheres; Tereza Vanderley, presidente municipal do PSC Mulher; Lia Rachid, coordenadora do PSC Mulher na região metropolitana de Belo Horizonte; além da presidente municipal do PSC, Ivanilza Marinho; o núcleo feminino da legenda mostrou que está coeso, bem organizado e pronto para lutar por um país melhor.

A presidente do PSC Mulher de Conceição do Araguaia, Tereza Vanderley, que deve lançar sua pré-candidatura à vereadora em breve, convidou as mulheres a se tornarem mais presentes nos processos políticos e acompanhar os acontecimentos. “Nós podemos somar com o processo político, sair do comodismo e participar para transformar. Eu escolhi o partido da família, que está esquecida por alguns, mas não por nós do PSC”, afirmou Tereza.

Já Ivanilza Marinho destacou que a democracia exige que cada um tome pra si a responsabilidade de construir um país melhor. “Crescer dói, pois precisamos estudar, trabalhar e participar da construção do país que queremos, mas todos nós queremos crescer, como homens, mulheres, profissionais, cidadãos, sermos melhores a cada dia”, disse.

Ficou por conta da presidente nacional do PSC Mulher, Denise Assumpção, conectar os temas sobre saúde mental, autoestima e relacionamentos com política. De uma forma leve e descontraída, ela deixou seu recado: “É preciso estar em atividade, cuidar de você mesma, gostar de você, acompanhar o que passa a sua volta, não se omitir diante das injustiças e saber que política é o que você faz pelo bem do outro”, afirmou.

A deputada Júlia Marinho, filha de Conceição do Araguaia, fez questão de estar presente. A parlamentar ainda levou mãe e sogra, ambas com mais de 80 anos, para prestigiar o evento das mulheres. Em sua fala, Júlia demonstrou a pequeníssima presença feminina nos cargos eletivos do país e, como forma de incentivo, contou um pouco da sua história.

“Há uns 20 anos, eu era apolítica e jamais imaginei estar onde estou, mas vamos convivendo e vendo a necessidade da participação da mulher na política. A população feminina é de 52% no Brasil, então precisamos nos organizar para estarmos mais presentes no cenário político do país”, alertou Júlia.

O evento, organizado com a contribuição de Cleide Portugal, contou com a participação de artistas locais. Houve apresentação de carimbó, aula de dança, música gospel e sorteio de brindes doados por empresas locais.

Ascom PSC Nacional

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC