Executiva regional do PSC Mulher toma posse em evento no Rio de Janeiro

Publicado: sexta-feira , 12 de maio 2017 10:44

Sob nova coordenação regional, o PSC Mulher do Rio de Janeiro realiza o primeiro evento com a presença das executivas nacional e regional. Na oportunidade, o presidente do PSC Rio de Janeiro, Carlos Motarroyos, deu posse, oficialmente, as novas coordenadoras:

Damaris Lisboa – coordenadora-geral

Soledad Carrara – coordenadora executiva

Soraia Moreno – coordenadora de mobilização

Paula Oliveira – coordenadora de comunicação

Inês Maria da Conceição – coordenadora de eventos

Priscila Silveira – coordenadora de intercâmbio

Angela de Luna – coordenadora de filiação.

Damaris e Soledad destacaram a grande responsabilidade da função e convidaram as presentes a resgatarem a “Débora” (referência bíblica ao Livro de Juízes, em que Débora é uma profetisa que se torna líder de Israel) que existe em cada mulher.

“Você sabe que existe uma Débora dentro de você quando está na mesa do parto, quando está desempregada, quando tem que lutar sozinha e aí você percebe que pode mais, pode muito. Eu quero convida você a sair daqui e mudar a história do seu bairro, sua cidade, seu país”, declarou Damaris.

Além da presidente nacional do PSC Mulher, Denise Assumpção, as coordenadoras  Lia Rachid, do DF, e Maria Delurdes, do RS, deram sua contribuição ao evento. Lia, que é advogada e presta assessoria legislativa na Câmara dos Deputados, falou da importância da sensibilidade feminina na edição de leis capazes de atender algumas peculiaridades inerentes à mulher.

A jornalista Paula Oliveira deu um depoimento falando de como o PSC Mulher conseguiu ajudá-la a enfrentar o bullying sofrido na infância e a baixa auto-estima, que a levou a obesidade. “Da Paula que tinha medo de enfrentar a vida, da Paula que se afundou em comida para não encarar os problemas… Dessa Paula já não existe mais nada. E o PSC Mulher, mais que um movimento político, foi o que me ajudou a aprender a me amar”, relatou.

O evento foi dividido em duas partes, uma mais técnica, com as palestras do presidente do PSC Petrópolis, o especialista em políticas públicas Bernardo Santoro,  que mostrou a história dos movimentos de direita pelo mundo; da advogada Patrícia Bueno, do PSC de São Paulo, que apresentou a trajetória dos movimentos de rua de direita até o impeachment da presidente Dilma; o juiz federal Wilson Witzel que defendeu o direito dos magistrados poderem participar do processo eleitoral; e o deputado federal Arolde de Oliveira que esclareceu pontos da Reforma Trabalhista, aprovada na Câmara dos Deputados no fim de abril deste ano.

Estavam presentes, ainda, outros líderes do PSC:  presidente nacional Pastor Everaldo; secretário de Prevenção à Dependência Química, Filipe Pereira;  deputado estadual Márcio Pacheco.

 

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC