PSC Jovem AM promove palestra de conscientização sobre o câncer de próstata

Publicado: terça-feira , 26 de novembro 2019 17:47

O rastreamento precoce do câncer de próstata pode salvar vidas. A afirmação é do urologista George Lins de Albuquerque, chefe do Serviço de Urologia do Serviço de Urologia da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), que na segunda-feira (dia 25), às 14h, fez palestra de conscientização sobre a doença na sede do PSC em Manaus (AM). Este mês é conhecido como Novembro Azul, que é um movimento mundial para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

De acordo com o médico George Lins de Albuquerque, cerca de 42 pessoas morrem por dia no Brasil em decorrência de complicações ocasionadas pelo câncer de próstata. O urologista, único em Manaus com certificação em cirurgia robótica, explicou as formas de diagnóstico e tratamento da doença.

“Um urologista pode fazer o rastreamento da doença por meio da dosagem sanguínea do antígeno prostático específico (PSA) ou durante o exame de toque retal. Um diagnóstico mais preciso é obtido por meio de uma biópsia de próstata, realizada por um profissional”, disse o urologista.

Para o presidente municipal do PSC Jovem em Manaus, Wanderson Mendes, o “Robinho”, a palestra foi bastante enriquecedora, pois permitiu que os participantes esclarecessem dúvidas com o profissional.

“Foi uma experiência única e magnífica! A informação é uma ótima aliada na prevenção de mortes por câncer de próstata. Irei compartilhar o que aprendi com amigos e familiares. Temos que deixar o preconceito de lado e priorizar a vida”, afirmou Robinho.

Realidade em números

Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Conforme o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o Brasil registra a cada ano cerca de 68,2 mil novos casos de câncer de próstata. No Amazonas, é o segundo tipo de neoplasia mais comum entre homens acima de 50 anos, ficando atrás apenas do câncer de pele.

Segundo George Lins de Albuquerque, homens a partir de 50 anos devem procurar um profissional especializado, para avaliação individualizada, obedecendo recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia. “Indivíduos com histórico de câncer de próstata na família, obesos e negros devem realizar os exames preventivos a partir dos 45 anos”, alertou o médico.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC