Projeto de deputado do PSC ajuda a encontrar pessoas desaparecidas em Minas Gerais

Publicado: sexta-feira , 24 de fevereiro 2017 10:57

Criada em 2015, pelo deputado estadual Noraldino Júnior (PSC-MG), a Frente de Apoio aos Familiares de Pessoas Desaparecidas de Minas Gerais (Afaped) tem o objetivo de ajudar famílias a encontrar seus parentes desaparecidos. Em parceria com a Polícia Civil do estado, a Afaped divulga em redes sociais e outros meios as fotos dos desaparecidos, com informações pessoais e do local e da data em que a pessoa foi vista pela última vez.

O problema dos desaparecidos, uma realidade em todo o país, costuma se agravar no Carnaval, segundo o Ministério Público, que mantém um programa específico para ajudar a localizar crianças e adolescentes, o PLID (Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos).

Para ampliar o alcance da mensagem sobre cada pessoa, a Frente compartilha as publicações sobre os desaparecidos na página do deputado no Facebook, que tem mais de 855 mil seguidores e um alcance maior na rede social. A partir daí é feito um anúncio direcionado no Facebook para a cidade onde o desaparecido foi visto pela última vez e regiões vizinhas, para que a publicação chegue a ainda mais pessoas e seja possível ter informação do seu paradeiro.

Segundo Noraldino, a parceria com a Polícia Civil é fundamental para o funcionamento da Frente. “Graças a essa parceria, temos acesso ao boletim de ocorrência feito pela família e, a partir de então, a Afaped entra em contato para obter mais informações e a autorização do responsável para divulgação da imagem da pessoa desaparecida”, explica. “A Frente também tem acesso aos casos por meio do contato direto de algum familiar e de pedidos de ajuda feitos pela própria rede social. Contamos ainda com um canal no WhatsApp, uma ferramenta importante que auxilia em diversos casos”, finaliza o deputado.

 “Quando conseguimos ajudar famílias que estão passando por um problema tão difícil, como ter um ente querido desaparecido, é muito gratificante. Infelizmente, a cada dia temos novos casos. Logo, toda ajuda em um momento desses é bem-vinda”, diz o deputado estadual.

A Afaped foi criada a partir de um requerimento do deputado do PSC para a criação de uma frente parlamentar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O requerimento obteve as assinaturas para a aprovação da maioria dos deputados da Casa e, após aprovado, Noraldino Júnior passou a coordenar os trabalhos da Frente de Apoio aos Familiares de Pessoas Desaparecidas.

Pulseira de identificação

No Rio, o Ministério Público estadual fez uma campanha para este Carnaval orientando os responsáveis que forem para locais com grande aglomeração que coloquem pulseira de identificação nos filhos de até 12 anos.

Segundo o MP, há 2,5 milhões de crianças e adolescentes sem carteira de identidade no Rio e, portanto, sem registro de impressão digital – o que dificulta a localização de desaparecidos.  Já em SP, o PLID registrou 1.701 desaparecimentos de crianças de até 12 anos.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC