Para deputado, Reforma Trabalhista caminha para um entendimento entre as partes

Publicado: quarta-feira , 15 de março 2017 12:13
Autor: Aryana Aragão/ASCOM PSC Nacional

A comissão especial da Reforma Política, que analisa o PL 6787/16, realizou audiência pública com a presença de representantes de empregados e empregadores. Para o deputado Arolde de Oliveira (PSC-RJ), que presidiu a reunião, o debate foi produtivo, pois as partes falaram sobre o ponto principal da reforma: os acordos coletivos.

“É importante ouvir os dois lados sobre os acordos coletivos. Eles precisam ser respeitados. Naturalmente, há uma certa desintermediação dos próprios sindicatos, mas eles terão um representante nas empresas acima de 200 empregados”, esclareceu o parlamentar do PSC.

Embora a audiência tenha exposto a falta de consenso em diversos pontos do projeto de reforma – empresários acreditam no aumento da competitividade e da produtividade do país; e sindicatos dizem que haverá perda de direitos e trabalhadores ficarão vulneráveis – Arolde vê caminho aberto para o entendimento por meio dos muitos debates que ainda ocorrerão.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC