Goiás sobe 12 posições e é o 6º estado de maior utilização de energias renováveis no país

O deputado Simeyzon Silveira (PSC/GO) preside o Fórum do Setor Energético do Estado

Publicado: quinta-feira , 07 de dezembro 2017 12:09

(Goiânia) – Em dois anos, Goiás deixou o 18º lugar entre os estados brasileiros no uso de energia renovável e pulou para a 6ª colocação. E a meta é ambiciosa: se tornar, em dois anos, o líder nesse quesito no país. A projeção é do deputado estadual Simeyzon Silveira (PSC), presidente Fórum Permanente de Assuntos Relacionados ao Setor Energético do Estado de Goiás, entidade que tem como objetivo fomentar o uso de fontes energéticas renováveis e não degradáveis e integrá-las à matriz hidráulica no Estado.

Para elaborar políticas públicas para o setor e auxiliar a adoção de medidas para o desenvolvimento do emprego da energia solar, o Governo do Estado criou o Programa Goiás Solar, que prevê a isenção de ICMS para micro e pequenos geradores e consumidores de energia solar e a ampliação e a criação de linhas de crédito exclusivas para financiamento.

O programa também tem ações para simplificar o licenciamento ambiental para instalação de usinas solares, ampliar o uso de placas solares nas casas dos programas habitacionais do Estado, bem como o uso de energia solar em prédios públicos e o estímulo à vinda e criação de novos empreendimentos para o Estado.
Segundo Simeyzon Silveira, em dois anos o número de conexões com placas de energia solar subiram de 16 para 487. “Tivemos um avanço imenso e a projeção com o programa Goiás Solar é que nos próximos dois anos vamos chegar na primeira colocação, como o Estado de maior produção de energia de fontes limpas”, avalia o deputado.

De acordo com Silveira, Goiás é o segundo Estado brasileiro em incidência solar e deve aproveitar essa fonte de energia. “Nossa luta pelas energias renováveis tem dois propósitos. Um é a redução das tarifas, utilizando o mínimo possível as termelétricas. O segundo é que a energia solar é limpa, não gera nenhum tipo de poluição. Goiás tem um grande potencial nessa geração de energia, tanto por biomassa ou fotovoltáica. Somos o segundo Estado em incidência solar no Brasil, temos um potencial imenso, que ainda é pouco explorado”, diz.

Para o próximo ano, a ideia é que o Programa Goiás Solar englobe todas as fontes de energias renováveis possíveis de serem usadas em Goiás. “Nós temos muito ainda no que avançar na questão das energias renováveis, e não tenho dúvida que o que fazemos aqui deixará um legado para o estado de Goiás e para o Brasil”, afirma. (Comunicação PSC).

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC