Deputado do PSC transforma censo do autismo em lei no Rio de Janeiro

Publicado: quarta-feira , 06 de setembro 2017 18:38

O estado do Rio de Janeiro vai ter um censo quadrienal de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus familiares. A lei 7.674/2017, do deputado Márcio Pacheco (PSC), com co-autoria da deputada Martha Rocha, foi publicada no último dia 30 de agosto, e obriga o governo estadual a criar um programa para identificar, mapear e cadastrar os perfis social, econômico, étnico e cultural de autistas e seus familiares. O objetivo da lei é conhecer melhor esta população para direcionar as políticas públicas.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES), em parceria com o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio (Cremerj) e com o Conselho Regional de Enfermagem (Corenrj), deverá criar uma portaria para determinar que hospitais, clínicas e consultórios médicos informem quando o transtorno for diagnosticado. A lei também prevê a criação de um sistema de gerenciamento e mapeamento de dados informatizado, que pode ser acessado por profissionais de diversos órgãos e secretarias.

O deputado Márcio Pacheco, que também é presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), afirmou que é preciso investir mais em atendimento e pesquisas.

“Cerca de 1% da população mundial vive com autismo, o equivalente a 70 milhões de pessoas. O primeiro passo é ter dados concretos dos autistas e seus familiares. Depois precisamos diagnosticar e tratar precocemente. O diagnóstico precoce é nossa grande luta”, explica Pacheco.

Estudos norte-americanos demonstram que o autismo cresce mais que outras doenças no mundo: leucemia afeta 1 em 1.200, distrofia muscular afeta 1 em 100.000, AIDS infantil afeta 1 em 300 e o autismo afeta 1 em 68 pessoas. Porém, não há números específicos do Rio de Janeiro. Dados do Ministério da Saúde mostram que existem 1,1 milhão de autistas no país. Só no Sudeste, são quase 500 mil.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC