Acordo mantém fábricas da Petrobras abertas por mais 120 dias

As unidades dos estados da Bahia e de Sergipe não serão fechadas imediatamente

Publicado: terça-feira , 27 de março 2018 21:15

Em reunião com as bancadas de Sergipe e da Bahia e com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, o deputado federal André Moura (PSC/SE), junto com o deputado José Carlos Aleluia (DEM/BA), apresentou proposta de suspensão do fechamento das fábricas de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia e de Sergipe, a Fafen.

“Precisamos avaliar o impacto que o encerramento dessas atividades causará nos dois estados. Em Sergipe, foram instaladas várias empresas em função da Fafen, além dos empregos criados e das receitas geradas para o município de Laranjeiras. Essa não pode ser uma decisão unilateral da Petrobras”, avaliou André Moura.

O presidente Pedro Parente acatou a proposta dos parlamentares e a decisão de fechamento ficará suspensa por 120 dias, a partir de 30 de junho deste ano. Será criado, ainda, um grupo de trabalho para estudar meios de manter as fábricas abertas.

Os parlamentares se mobilizaram para evitar o encerramento das atividades da Fafen porque está em jogo milhares de postos de trabalho, ligados direta ou indiretamente às atividades das fábricas, e a preocupação com o fornecimento de insumos para o setor agrícola.

O governador de Sergipe, Jackson Barreto, e o vice-governador da Bahia, João Leão, também participaram da reunião.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC