1º Seminário de Formação Política do PSC Jovem do Rio de Janeiro reúne cerca de 200 pessoas

Publicado: quinta-feira , 05 de setembro 2019 18:09

Crédito: Rafael Oliveira

Dirigentes e filiados do Partido Social Cristão participaram nesta quinta-feira (dia 5) do I Seminário de Formação Política do PSC Jovem RJ. Diante de uma plateia de cerca de 200 jovens, autoridades do partido falaram da importância da qualificação dos quadros do PSC para  o planejamento de novas políticas públicas para melhorar o país. A ideia é preparar os jovens para desempenhar o papel de protagonistas no atual cenário político nos estados.

“O PSC tem oportunidade de formar novos talentos para que discutam educação, saúde, segurança, cidades”, disse o vice-governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, um dos convidados da mesa de abertura do seminário . “Vamos discutir desde temas nacionais até temas dos bairros. O que podemos fazer para mudar nossa rua, nosso bairro, nosso estado? O que vocês podem fazer para mudar o país que vocês vivem”, exortou.

Outros integrantes do PSC também falaram sobre a importância da participação da juventude na política. Para Juarez Fialho, secretário das Cidades do Estado do Rio de Janeiro, “os jovens são a voz do futuro”. “Precisamos preparar os jovens politicamente. Precisamos de gente competente, comprometida com os aspectos liberais da economia”, argumentou Fialho. “O partido é aberto a todo e qualquer tipo de discussão. Aqui tem espaço para todo mundo”, observou o vice-presidente nacional do PSC, Gustavo Carvalho.

Na avaliação do líder do governo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Marcio Pacheco, o PSC “tem a missão de capacitar os mais jovens para mudar o país”, mas sem radicalismos. Opinião compartilhada pelo presidente estadual do PSC no Rio, Alessandro Panno. “Os jovens são a mola propulsora, o oxigênio da política”, afirmou.

Recém-empossada na presidência nacional do PSC Jovem, Jessica Ohanna explicou que a ideia é fazer seminários com filiados jovens do PSC em todos os estados brasileiros. “Este seminário no Rio é o primeiro de muitas atividades que faremos. Vamos formar umajuventude qualificada que comece a pensar política”, disse.

No seminário, o vice Cláudio Castro falou sobre sua filiação ao PSC, em 2002, e contou sua trajetória política. No painel “200 dias de gestão – Expectativas e principais desafios do governo do Estado do Rio de Janeiro”, ele apresentou um balanço dos primeiros oito meses do governo de Wilson Witzel. “Encontramos um cenário de terror quando assumimos”, contou. Castro lembrou que o PSC é um partido que tem como bandeira a liberdade econômica. “As pessoas querem trabalho; não querem viver de cesta básica”, ponderou o vice.

Além do painel de Cláudio Castro, o I Seminário de Formação política do PSC Jovem RJ contou também com palestras dos secretários Juarez Fialho (Cidades) e Pedro Fernandes (Educação). O ex-deputado federal Filipe Pereira falou sobre as perspectivas do PSC no cenário estadual e nacional. No último painel, Allan Borges, presidente da Fundação Leão XIII, apresentou uma panorama sobre o desenvolvimento social no estado do Rio de Janeiro e a juventude.

Ao final do seminário, lideranças do partido e parlamentares do PSC  promoveram rodas de conversa com os jovens presentes ao encontro. “Temos uma juventude muito sólida e boa no partido”, disse Gaby Damasceno, que mediou as rodas de conversa.

 

 

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC